calendario 07/01/2019

Bombas hidráulicas: conheça as classificações e suas aplicações


As bombas hidráulicas são dispositivos de fluxo com objetivo de realizar o deslocamento de um líquido por escoamento. Estas transformam o trabalho mecânico que recebe para seu desempenho em energia através de pressão (força) ou cinética (movimento).  

Os modelos de engrenagens são um dos tipos mais comuns de bombas hidráulicas, pois consistem de um par de engrenagens que rodam no interior de um compartimento estreito, sendo introduzido o óleo de um lado para ser transportado para a área exterior. Além desse tipo, as bombas de palhetas e de parafuso também são comumente utilizadas.

As bombas podem ser classificadas pela sua aplicação ou pela forma com que a energia é cedida ao fluido. Dentro das classificações também existem subclassificações em cada tipo específico de bomba.

Mas, basicamente, são organizadas em dois tipos: hidrodinâmicas (deslocamento não-positivo, fluxo continuo), utilizadas para transmitirem fluidos e cuja única resistência é criada pelo peso do fluido e pelo atrito. E as bombas hidrostáticas (deslocamento positivo, fluxo pulsante), que fornecem determinada quantidade de fluido a cada rotação ou ciclo.

Confira abaixo alguns exemplos de bombas hidráulicas:

Turbobombas ou Bombas Dinâmicas

São caracterizadas por possuírem um instrumento rotatório de pás (rotor) que exerce força sobre o líquido que resultam da aceleração que imprime. A finalidade do rotor (impelidor ou impulsor) é comunicar à massa líquida aceleração, para que adquira energia cinética e se realize assim a transformação da energia mecânica de que é dotado.

As subclassificações são: Centrifugas, Fluxo Misto, Fluxo Axial (Puras Radiais, Tipo Francis).

Bombas Volumétricas ou de Deslocamento Positivo

São aquelas em que a energia é fornecida ao líquido já sob a forma de pressão, não havendo a necessidade de transformação de energia cinética. Assim sendo, a movimentação do líquido é diretamente causada pela movimentação de um órgão mecânico da bomba, que obriga o líquido a executar o mesmo movimento de que está animado.

O líquido, sucessivamente, enche e depois é expulso de espaços com volume determinado no interior da bomba. Nestas bombas, as forças transmitidas ao líquido têm a mesma direção do movimento geral do líquido.

Uma das características mais importantes destas bombas é o fato de manterem a vazão média e da viscosidade do fluido bombeado, mesmo mantendo a rotação constante.

As subclassificações são: Alternativas (Pistão, Embolo, Diafragma) e Rotativas (Engrenagens, Lóbulos, Parafuso, Palhetas Deslizantes).

Bombas Especiais

Algumas bombas apresentam características especiais, como o: Carneiro hidráulico, Bombas Regenerativas ou Periféricas, Bombas para Indústrias Químicas e de Processamento, Bombas para Sólidos, Bombas de Alta Rotação, entre outras.

A Hybel, empresa que atende todo o território nacional, oferece uma gama de produtos qualificados relacionados as diversas bombas hidráulicas de cada segmento do mercado. Clique aqui (https://www.hybel.com.br/produtos) e conheça agora!

VOLTAR
hover categorias twitter youtube facebook pinterest linkedin